DynaMesh®

Tailored Implants made of PVDF

DynaMesh®-PR2 soft
DynaMesh®-PR2 visible

Para o tratamento cirúrgico da retocele

Dimensões de tela minimizadas para o reparo anterior transvaginal com tela.
Retração significativamente menor da tela devido à redução da reação de corpo estranho [20].


Reparo posterior com tela

DM-PR2-posterior-rectocele

Instrumentos correspondentes


DynaMesh®-PR2 soft
DynaMesh®-PR2 visible

Programa de fornecimento
pr2A-v

DynaMesh®-PR2 soft 1A (1)
07 cm x 04 cm PV510636F1 Unit = 1 EA / BX

pr2B-v

DynaMesh®-PR2 soft 1B (1)
10 cm x 04 cm PV511004F1 Unit = 1 EA / BX
DynaMesh®-PR2 visible 1B (2)
10 cm x 04 cm PV711004F1 Unit = 1 EA / BX
DynaMesh®-PR2 soft 2B (1)
10 cm x 06 cm PV511006F1 Unit = 1 EA / BX
Aplicação e propriedades
Produto DynaMesh®-PR2 soft (1)

DynaMesh®-PR2 visible (2)

Área de aplicação retocele
Método cirúrgico transvaginal / posterior
Fixação da porção central da tela sutura
Ótimo manuseio
gruene_punkte
Ótima segurança para o paciente
gruene_punkte
Ótimo conforto para o paciente
gruene_punkte
Bordas atraumáticas
gruene_punkte
Dimensão minimizada da tela
gruene_punkte
Estabilidade dimensional
gruene_punkte
Elasticidade definida
gruene_punkte
Tecnologia visible
gruene_punkte (2) / graue_punkte (1)

gruene_punkte aplica-se a todos os tamanhos do produto
gaue_punkte não se aplica

Dados técnicos
Produto DynaMesh®-PR2 soft (1)

DynaMesh®-PR2 visible (2)

Polímero (monofilamento) PVDF
Excelente biocompatibilidade
gruene_punkte
Reação de corpo estranho mínima
gruene_punkte
Aderência bacteriana reduzida
gruene_punkte
Alta resistência ao envelhecimento
gruene_punkte
Dinamometria ideal
gruene_punkte
Superfície reativa (a) [m²/m²] * 1,9
Máxima estabilidade (b) [N/cm] 58
Distensão (b) a 16 N/cm [%] 13
Porosidade têxtil (c) [%] * 71
Porosidade eficaz (c) [%]] * 68
Porosidade eficaz a 2,5 N/cm(c) [%] * 68
Classificação (d) 1a

gruene_punkte aplica-se a todos os tamanhos do produto

Legendas relativas aos dados técnicos

* porção central da tela
(a) Relação entre a superfície reativa do implante (superfície do fio) e a área do implante
(b) Determinado pelo teste de tração pelo método da tira
(c) Método segundo Mühl [6]
(d) Classificação segundo Klinge [8]


Videos

 

Literatura

 

Contato

 

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close